quarta-feira, 15 de junho de 2011

O homem que desafiou a si mesmo ou Para além de um texto egoísta

(Imagem: Silhueta - João Sargo - Olhares.com)

Que belas luzes há por toda a cidade quando deveríamos estar em casa.

Eu me lembro de todas as músicas, de cada parte de cada canção. Eu senti a alegria e a dor de ser livre, mas sem ter para onde ir... Eu tenho um vício e ele sabe disso sempre vindo para me oferecer mais. Eu não quero mais, não quero mais, quero mais, mais... Não.

Eu já acordei pensando que a vida era um pesadelo e que eu ainda iria acordar de verdade. Já me ofereceram psicólogos quando o que eu precisava era um advogado, o melhor do mundo eu preciso... Já me ofereceram armas quando o que eu mais precisava era proteção. Eu sou um criminoso e ele sabe disso, sempre me mostrando a vulnerabilidade de todas as casas da vizinhança. Eu tento ficar longe de tudo isso. Eu tive sonhos. Eu ainda tenho todos eles numa caixa em baixo da cama. Eu me afastei de todos e não conseguia nem me achar. Eu já me senti o pior dos pecadores ao lado dos inocentes e ingênuos irmãos da igreja. Eu já tive vergonha de pedir perdão a Deus todas as noites pelas mesmas coisas de sempre. Eu já tive vergonha de Deus.

Essa é a segunda (ou milésima) vez que eu quase morro e ele sabe disso, toda vez quem vem reclamar minha alma em vão. Eu tenho um preço e ele sabe disso, é imenso... É caro demais para ele poder comprar, nem adianta dobrar o esforço - eu sou caro demais para você. Eu não tenho preço. Eu ganhei minha vida de volta, pois alguém um dia achou que eu não tinha preço, que o universo inteiro não seria o mesmo se eu não estivesse aqui - como uma praia não seria a mesma se um grão de areia faltasse.

Eu ganhei uma nova chance e ele sabe disso. Espero que ele saiba também que não irei desperdiçar dessa vez.



5 comentários:

M.alves disse...

parabéns, seguindo segue ai também: www.tecknews.co.cc

Samira Machado disse...

Muito interessante o texto!


Participe do sorteio de três livros: http://thebookofmydreams.blogspot.com/

Mylla disse...

O mais legal desses joguinhos de visitar blogs é encontrar gente que realmente escreve bem e merece reconhecimento. Tu é um desses, Du. Gostei bastante desse pouquinho que li. Parabéns!

:*

http://hey-london.blogspot.com

enricows disse...

Muito bom o texto! Você escreve muito bem! Parabéns pelo blog!

Comente também:
http://enricows.blogspot.com/

Wagner Noya disse...

muito legal o texto, parabéns