terça-feira, 15 de dezembro de 2009

A força da vida

(imagem: daqui)

Não que eu tenha muita experiencia para falar sobre isso, nem entendoo completamente... Mas toda vez que penso em amor só consigo pensar em Cristo. São considerações pessoais, sobre um sentimento que foi capaz de libertar um planeta inteiro.

É que essa semana só consigo pensar por poesia, e mesmo tendo um blogue especifico para isso resolvi postar no Da Cor Da Sua Paz:
A força da vida

Paixão é um carro a 300 Km/h sem se importar se é ou é contra-mão
Amor é a estrada

Paixão é quando um colorado chora ao ver seu time perder
Amor é quando um gremista dá seu ombro a ele. (e vice-versa)

A paixão pode até destruir o objeto de desejo se não alcançado
O amor alcança tudo mesmo sem tocar

A paixão bate de frente e esperneia, explode obstáculos sem hesitar destruir a si mesma
O amor contorna os muros e as montanhas, se infiltra nos alicerces e permanece cristalino

Paixão não pede pra nascer
Amor também não

Paixão acaba um dia
O amor a tudo ressuscita

A paixão se agarra com toda a força em sua bela ingenuidade para prender o que deseja para si
O amor deixa partir o que sempre estará dentro de si

Paixão se alimenta
Amor é alimento

Paixão dá sua vida por
Amor é a própria vida em

A paixão deitou-se num madeiro de braços abertos
O amor segurou os pregos e o martelo

A paixão alimenta a poesia
O amor à vida
Um apaixonado amante
É alguém poeticamente vivo

12 comentários:

Mima disse...

linda poesiaa... linda mesmoo... é PERFEITA!!

talvez vc me permita postá-la no meu blog. claro que dando-lhe os creditos e colocando o linke desse blog!!!

beijos e me visita!!

http://sobnuvens.blogspot.com/
http://nilmamoura.blogspot.com/

Mari disse...

A paixão nos proporciona momentos inigualáveis que se vão. Amor deixa lembranças únicas...
É como a música da Rita Lee...

Moosh Massacre disse...

cmg é como o oposto, quando penso em cristo, não penso nele como um ser, mas sim como o amor.

Guto Lespier disse...

muito boa a poesia cara..
continue escrevendo coisas desse tipo :D

abraços..
se puder entra no meu blog:
http://pravocepensar.blogspot.com/

Guto Lespier disse...

muito boa a poesia cara..
continue escrevendo coisas desse tipo :D

abraços..
se puder entra no meu blog:
http://pravocepensar.blogspot.com/

josue mendonca disse...

é... quando eu vi a foto não tive dúvidas...eu disse "é essa que vai pro meu blog"
e olha que eu nunca havia colocado nenhuma foto lá..

achei legal pela "transgressao oficial" e pela mistura>> negros, brancos, jovens , velhos, enfim,.uma loucura!

abraço

luciana disse...

querendo ou nao o sacrificio que Deus fez na cruz, acaba superando muitas provas de amor. nao da pra comparar

Camila Passatuto disse...

E eu não esperava por menos, um texto lindo com uma base muito forte, que é Jesus.

Um homem com um espiríto mais que ultra evoluido, merece ser lembrado a cada instante e ser fonte de energia e vida.

Adorei o texto.

Ah! E você me perguntou se eu gostava da "escola" moderna.
Bom, eu sou apaixonada por todas as fases da literatura, pintura, arquitetura rsrsrs, os estilos, escolas de cada época com suas propostas e contestações. O modernismo é o UP da arte. O pós-modernismo, eu sinto aqui que já passou e o que vem por aí a gente que vai construir. o/

Beijos!

Dois Rios disse...

Pois é, Du, amor e paixão estão sempre lado a lado ainda que tão diferentes. Eu diria que a paixão é súbita e eufórica. Já o amor é progressivo e calmo.

Gostei muito da tua visão poética sobre o tema.

Beijos,
Inês

Márcio Daniel Ramos disse...

esta parte eu nem entendi:
"A paixão deitou-se num madeiro de braços abertos
O amor segurou os pregos e o martelo"

mais de todo modo, é como diria Camões:

Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer;

É um não querer mais que bem querer;
É solitário andar por entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É cuidar que se ganha em se perder;

É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata lealdade.

Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade,
se tão contrário a si é o mesmo Amor?

_____________

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” João 3:16

O Amor de Deus foi o principal propósito do seu nascimento. Dia 25 de dezembro relembramos a maravilhosa graça do nascimento de Jesus, o Natal do Senhor. Nesta data, medite, reconheça e exercite o Amor de Deus amando ao próximo como a si mesmo. Neste fim de ano, AME, de todo o seu coração e entendimento!

Te desejo um Feliz Natal, e um Novo Ano com Jesus!!!

N. disse...

acho que todo mundo lembra da Rita Lee e sua famosa dicotomia.. haha
parabéns pelo blog! linda poesia ;)

desculpa a demora para retornar o comentário, mas é que eu andei meio sumida, hehe

beijos!

Srta. L. disse...

Já dizia Renato Russo... "a paixão quer sangue e corações arruinados" :~ O mundo e seus sádicos...