quinta-feira, 12 de junho de 2008

Uma noite à espera da lua nova

video

(musica: Twiligth - Dawn Landes)

Uma noite à espera da lua nova

Esperava na praça
e ela que disse não atrasar nunca
também falou, ao chegar, que faz duas semanas que já não vem.
Fiquei com o mundo todo em minha cabeça,
talvez ela tenha optado por deixá-lo cair das costas.
“Eu não atraso nunca” – lembrei.
E o futuro é tão distante à tardinha...
Depois ela falou olhando para as mãos,
que a vida tem de ser vivida de leve,
seja ela longa ou breve.
E é isso que meus vinte anos me ensinaram.
Tudo no mundo pode se atrasar,
ou nunca chegar,
mas a vida,
a vida não se atrasa nunca.

4 comentários:

*.*Allegr!a*.* disse...

ela não se atrasa nunca!
Ela urge, grita, sacode, muito espivitada essa vida...
Que façamos com que ela valha cada segundo vivido!
Boas palavras!
Não pare de escrever!
Beijo

Alcione Torres disse...

Adorei o texto e a música! Muito bom!

Stephanie disse...

Uma garota te disse que não é de atrasar nunca?
Pois bem, a quem vc engravidou garoto? hahahaha.

Bonito poema (espero que seja apenas um poema e não uma confissão de algo feito sem pensar)
Pq demoras tanto a escrever?
Não nos deixe ansiosos!

Blue Blood disse...

nusss...
legal mesmo a letra, e a musica também é bonita!

parabéns pelo blog!
_________________________________

comente tb please *-*
http://pipocaverde.blogspot.com/